Carro novo ou seminovo

Carro novo ou seminovo

Comprar ou não comprar um carro zero Km é uma questão complicada para quem começa a perceber o quanto realmente vale esse bem. Hoje a minha esposa brinca que estou ficando muito pão duro, não quero gastar muito dinheiro com nada ou melhor com quase nada, acabo gastando com viagens, essa é a nossa paixão.

Claro que não estou aqui para falar o que é certo ou errado, quem gosta de gastar com viagens, gasta, quem gosta de carro, compra carro e quem gosta de comprar qualquer outra coisa, compra. O tempo de procurar o certo e o errado já passou, hoje cada um faz sua parte. Eu prefiro gastar com viagens, mas vamos voltar para a questão do carro. Fico sempre na dúvida, fico com o carro antigo, que já começou a apresentar alguns problemas, compro um seminovo ou compro o carro zero Km?

Problema do carro mais velho nós já conhecemos, cada dia que passa ele perde seu valor de mercado. Cada vez que vai para a oficina você precisa gastar aproximadamente R$ 1.000,00 e sem falar que você começa a perder a confiança de fazer uma viagem mais longa, com medo que ele te deixe na mão. Depois que o carro passa dos 3 anos de uso já começa a aparecer barulhos estranhos e você começa a perder o gosto pelo carro, não limpa mais com tanta frequência, não dar a manutenção que ele merece, comigo é assim que funciona.

Na hora de trocar de carro levo alguns fatores em consideração:

  • Desvalorização, carro novo perde muito valor quando sai da loja
  • Valor do seguro
  • Valor do IPVA
  • Converso com alguns amigos que são mais ligados na área sobre a manutenção do carro que pretendo comprar
  • Consumo de combustível
  • Valor de revenda

Olhando apenas a questão do bem material, sem olhar a questão financeira, não precisamos nem discutir que o carro zero Km é de longe a melhor opção. O problema é que o carro novo é muito caro, eu realmente fico com pena de comprar um carro de R$ 42.000,00 mesmo levando em conta que posso dar o meu carro antigo de entrada, talvez com um valor de R$ 18.000,00 ainda tenho que desembolsar R$ 24.000,00 ou financiar com juros bem salgados. Veja que minha escolha é de um carro popular, mas quando faço essas contas e vejo que vou gastar o equivalente a duas ou três viagens de férias de 30 dias, viagens grandes, internacionais. Realmente não tenho muita vontade de tomar essa decisão e acabo deixando a troca de carro para o próximo ano.

Mas você deve está pensando: “então compre um carro seminovo”. Realmente essa é uma boa saída, mas sempre vem aquelas dúvidas:

  • Carro sem garantia? Posso até comprar um carro com um ano de uso, ainda com garantia.
  • Será que esse carro foi mal tratado? Até tenho vontade de comprar um carro de uma locadora, com preço bom, mas fico com esse medo do carro ser muito “rodado”.
  • Quanto vale esse carro na hora de vender? Com mais tempo de uso…
  • Será que esse carro já foi batido? Tenho que levar um amigo que conheça de carro para verificar.
  • Não tenho paciência para ficar procurando carro usado…
  • O seminovo custa R$ 36.000,00 o novo custa R$ 42.000,00 só 6 mil de diferença, será que vale o esforço e o risco?

Realmente não é uma escolha tão simples, mas vou precisar decidir antes que meu carro antigo me deixe no prego, hehe. E você tem dicas para compartilhar sobre esse troca de carro? Aproveito para compartilhar com vocês esse blog com dicas de carro usado que podem ajudar na hora dessa decisão: www.meuusadonovo.com.br/blog

Antes de trocar de carro vou garantir minha próxima viagem 🙂

Abraços,

3 Responses so far.

  1. Ivanise disse:

    Um seminovo de até 2 anos aqui em casa é como se fosse zero…hehe
    Até agora sempre optamos por comprar seminovos e ficamos com eles por volta de mais três anos. Damos o anterior de entrada e procuramos barganhar o restante pra pagar a vista. Isso tem sido muito bom negócio.
    Abraço!

  2. Renia Cardoso disse:

    Realmente, colocando nesses termos, enchendo de números e comparando com o valor gasto com viagens, melhor não trocar! Heheheh. Mas carro quando começa a dar problema, não adianta. É uma “viagem” sem volta. Troque o carro logo por um novo e se livre da dor de cabeça de um prego.

Bitnami