Cartão de Crédito – O vilão do descontrole

Cartão de Crédito – O vilão do descontrole

O cartão de crédito muitas vezes ajuda, é um verdadeiro quebra-galho, um parceiraço para toda ocasião. Mas temos que usar com muita cautela, é comum ouvir a seguinte frase:

“Estou sem dinheiro 🙁  Mas tenho cartão 🙂 ”

Mas pense bem, o cartão nos ajuda bastante, sem dúvida, mas quando utilizado sem controle nenhum, ele pode passar de parceiro para vilão do orçamento pessoal, nos causando vários transtornos e grande dívidas.

 

cartão-de-crédito

Cartão de Crédito

Para estabelecer cautela na hora da compra, comece elaborando planilhas simples de gastos com cartão para que você acompanhe visualmente, e não apenas no sentimento, cada compra realizada no cartão. Caso você não goste de planilhas, chegou a hora de aprender a gostar, mas você também pode acompanhar os gastos com cartão no aplicativo do banco ou da operadora, fique de olho.

As vezes o nosso sentimento é que podemos fazer determinada compra, muitas vezes sem precisar, porque só irei pagar no próximo mês e até lá, já vamos receber nosso salário e não é bem assim.

Acabamos fazendo uma compra atrás da outra e sem perceber gastamos boa parte do nosso salário no pagamento da fatura do cartão, pois não temos controle das compras do mês.

Quando chega a fatura é aquele susto, pois além do valor do cartão, terei também outras prestações a pagar como carro, casa, água, luz, faculdade, escola das crianças, enfim, são tantas contas que terei que sortear qual devo pagar. E o meu salário? Foi todo embora com o uso do cartão.

O que temos a fazer é atrasar alguma mensalidade, entrar no cheque especial, solicitar empréstimos a bancos, pedir um parcelamento da fatura ou até mesmo, e a pior opção, pagar aquele valor mínimo da fatura.

A simples elaboração de uma planilha visualizando e acompanhando tudo que é gasto no cartão no ato da compra ajudará, e muito, que você consiga sair dessa bola de neve.

Uma vez que você já possua e conheça suas despesas fixas, estabeleça na planilha até quanto você tem de salário disponível para utilização do cartão, e acompanhe a movimentação diariamente, sem esquecer um lançamento sequer.

Quando você passa a visualizar um “limite” de gasto, é que você começa a criar o hábito de se perguntar: “será que preciso mesmo comprar isso agora? será que não posso esperar um pouco mais? será que não é melhor esperar a fatura deste mês fechar?”

Isso funciona mesmo, digo por experiência própria. Quando comecei a controlar meus gastos, comecei a ver o valor das minhas faturas diminuindo e a ver meu dinheiro sobrando na conta. E isso é muito bom, você tem que experimentar!

Vou disponibilizar para vocês uma planilha de controle de gastos com cartão que poderemos até linkar com os demais gastos mensais do orçamento doméstico.

E não custa nada lembrar das dicas abaixo:

  • Não atrasar o pagamento das faturas de cartão de crédito, pois é a mais cara modalidade de pagamentos em atraso, com juros mensais que ultrapassam os 15%.
  • Não pagar o valor mínimo da fatura, pois se tornará uma bola de neve difícil de sair dela.
  • Evitar os parcelamentos da fatura diretamente com a administradora do cartão, pois normalmente são mais altos que os oferecidos por bancos onde você possua relacionamento.
  • Tente sempre negociar a anuidade de seus cartões de crédito, muitas vezes os valores são muito altos e normalmente você acaba conseguindo descontos bem atrativos.
  • Se a anuidade compensar, procure utilizar os cartões que oferecem programas de recompensas, como milhas de viagem, neste caso você economiza naquela tão sonhada viagem ou pode trocar por diversos produtos.
  • Acumule as compras em apenas 1 cartão, não utilize mais de um cartão de crédito, o descontrole será inevitável.
  • Controle seus gastos de forma visual e de fácil acesso, para que você possa acompanhar diariamente.
  • Fique de olho nas compras parceladas, muitas vezes a parcela só aparece na véspera do fechamento da fatura, assim você acaba se assustando com as parcelas surpresas.

Então meus amigos, é isto, não precisamos deixar de utilizar o cartão de crédito, esse nosso amigo de todas as horas que nos ajuda tanto, o que devemos fazer é utilizá-lo de forma controlada e consciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami