Equilíbrio Financeiro Pessoal: é preciso adotar novos hábitos

Equilíbrio Financeiro Pessoal: é preciso adotar novos hábitos

Nem sempre traçar um objetivo e definir onde se quer chegar, ter um aumento salarial ou até mesmo participar de várias palestras e cursos sobre educação financeira são suficientes para ter uma vida financeira equilibrada. Tudo isso ajudará um pouco, mas o primordial é adotar novos hábitos.

Primeiramente precisamos criar o hábito de anotar, quer seja no papel, num caderno, numa planilha eletrônica, enfim, em qualquer ferramenta, de forma organizada e de fácil acesso todos os nossos recebimentos e todos os nossos gastos.

Lembram do ditado: “só vendo pra crer”? Pois bem, você só acredita em algo quando este algo está visível pra você e por isso temos que anotar, e anotar tudo. E é por isso que tem que ser de fácil acesso, para que você consiga, a qualquer momento, sem muito trabalho, visualizar seus recebimentos, seus gastos e seu saldo para conseguir equilibrar o máximo possível suas receitas e despesas.

Se você tem acesso fácil à internet, quer seja pelo computador, tablet ou celular, o ideal é que você mantenha uma planilha para essas anotações na ferramenta do google drive. Por quê? Porque com a mesma facilidade que você acessa uma rede social, sua conta no banco, sua ferramenta de bate papo, você poderá visualizar também facilmente e de forma rápida sua planilha para que possa atualiza-la e acompanhá-la a qualquer momento.

Hoje em dia também já existem muitos aplicativos de softwares gratuitos com essa finalidade, ajudando no controle dos recebimentos e gastos pessoais.

Para quem não dispõe de toda essa facilidade da tecnologia, não é motivo para não fazer o controle, neste caso, você pode fazer o mesmo acompanhamento num caderninho simples, anotando tudo diariamente.

Criando esse hábito diariamente você conseguirá visualizar como os seus gastos estão se comportando e com o passar do tempo poderá até criar metas a perseguir.

Por exemplo, se você a  partir do controle dos seus gastos verifica que está gastando em torno de R$ 700,00 por mês, trace metas para reduzir esses gastos, cortando aqui e ali. Logo esses gastos cairão para R$ 690,00, R$ 670,00, R$ 630,00 e assim por diante, dependendo de sua meta traçada. De repente você verá que é possível sim reduzir os gastos e, conseqüentemente, fazer sobrar dinheiro no seu orçamento.

Daqui a pouco, quando você menos esperar, estará inclusive guardando o que sobrou e essa é a melhor sensação que se tem, fazer sobrar dinheiro onde antes nem se pensava nessa possibilidade.

Claro que quando temos muitas despesas fixas mensais, aquelas que não podemos diminuir ou eliminar, fica mais difícil chegarmos ao equilíbrio, mas sempre tem uma despesa ou outra que podemos reduzir, como uma conta de água, de energia, um lanche, refeições fora de casa, um sapato, uma bolsa ou qualquer outro objetivo que eu não precisava comprar naquele momento, enfim, sempre há algo que podemos reduzir e é esse controle diário que nos mostrará isso.

Lembrem-se: se não vermos, não acreditamos, e se não acreditamos não fazemos nada para resolver!

Bem amigos, essa era a dica que gostaria de deixar pra vocês sobre controle financeiro pessoal.

Deixaremos aqui no blog essa planilha que lhe orientará nesta tarefa de educação financeira e mudança de hábitos, aproveite! Aqui você terá mais informações sobre nossas planilhas, como fazer uma cópia, fazer download.

E fiquem atentos, em breve listaremos mais dicas para o controle do seu orçamento doméstico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami